Após a manifestação dos trabalhadores junto com o Siemaco, os salários começaram a ser depositados à noite e as atividades voltaram ao normal no HUM.

postado em: Notícias | 0
Trabalhadores da Seletti no HUM cruzam os braços por atraso de salário
Mais uma vez os funcionários terceirizados de asseio e conservação do Hospital Universitário Municipal de Maringá tiveram que parar as atividades e se manifestar para poder receber o salário do mês.

Por diversas vezes essa situação tem se repetido desde que a Seletti assumiu o contrato em maio de 2023. “Os salários deveriam ter sido pagos no quinto dia útil, mas mais uma vez os trabalhadores estão tendo o seu direito básico desrespeitado”, informou Rogério Coutinho, presidente do Siemaco Maringá.

O Siemaco entrou em contato com a empresa e os trabalhadores aguardam uma posição sobre os pagamentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × três =